Arquivo da categoria: Croácia

Cróacia: deslumbrante!

Padrão

Split

Minha vontade de conhecer a Croácia surgiu quando me deparei com uma reportagem sobre o país na Marie Claire. As fotos eram lindas e convidativas como de praxe nessas revistas que não são específicas de turismo.Essa viagem aconteceu em julho de 2008, mas devido à quantidade de gente que até hoje me pergunta sobre a Croácia, noto que há certa curiosidade sobre o país e ainda pouca visitação, pelo menos por parte dos brasileiros.  Não havia nenhuma revista especializada naquela época que tivesse qualquer informação sobre o país. Naquele tempo nem blog eu tinha, por isso aparecemos em quase todas as fotos 🙂

Hvar

Minha pesquisa foi basicamente Lonely Planet e sites diversos, mais alguns blogs de viagens que descobri através do Viaje na Viagem.

O jeito foi por a mão na massa, já que eu não encontraria tudo mastigadinho. Comecei pelo Oráculo . De lá fui a outros blogs de viajantes e a Sylvia Lemos também me ajudou, enviando alguns sites com informações.

Hvar

O fato de não haver, naquela época, tanta informação necessária disponível acabou sendo muito positivo, já que todos os locais nos surpreenderam positivamente. Como começaríamos a viagem pela Dinamarca, onde encontraríamos um casal de amigos, começamos a pesquisar os voos a partir de Copenhague. A Croácia tem muita coisa linda para ver, o que fez com que as escolhas não fossem fáceis, mas no final optamos por Split, Hvar, Kórcula e Dubrovnik, retornando à capital Zagreb apenas para pegar o voo de volta, já que a TAP só tem voos diretos para Lisboa a partir de lá.

Dubrovnik

Aqui abro parênteses para dizer que as pessoas que moram em outros lugares que não Fortaleza podem traçar um roteiro diferente. Para nós, a TAP é uma escolha natural, já que podemos pegar um voo direto para Lisboa, sem precisar “descer” para São Paulo e depois “subir”, acrescentando desnecessárias horas à viagem, (aproximadamente 7 horas de voo, fora o tempo entre as conexões).

Quem voa para a Croácia: Air France, Alitalia, Austrian Airlines, CSA, Lufthansa, LOT, Malev, Germanwings, Scandinavian Airlines, Turkish Airlines, Air Bosna, Air One, British, Norwegian, TAP, Estonian, EasyJet, SkyEurope, Air Lingus, Air Adriatic, Adria, RyanAir, dentre outras. Sugiro, quem estiver indo agora, pesquisar no site Skyscanner.com

O roteiro foi o seguinte: após rodarmos pela Dinamarca, fizemos Copenhague – Split de avião, por uma companhia dinamarquesa chamada Sterling – novinha em folha, Split – Hvar de catamarã, Hvar-Korcula de ferry e Korcula – Dubrovnik de ferry também. A partir de Dubrovnik, pegamos um voo até Zagreb e de lá, retornamos à Lisboa.

SPLIT

Não foi a mais bonita, mas foi a que mais me surpreendeu, pois existe pouca informação sobre ela e a gente vai sem esperar muito.

Split

DUBROVNIK

É ponto de parada dos cruzeiros e há muito conhecida como Pérola do Adriático, desde o tempo em que toda a Croácia fazia parte da antiga Iugoslávia. É linda, linda, linda. Não à toa, a foto de capa do blog foi tirada lá. Vejam só, não há ângulo desfavorável:

Dubrovnik

HVAR

Pronuncia-se Cuár. Descolada, ótimos bares na praia, baladinhas por todo canto, uma delícia. Boa hotelaria, bons restaurantes e  ainda por cima é linda.

Hvar

KÓRCULA

Bem cotada, mas não tivemos sorte: choveu na única noite em que passamos lá, data especialmente ecolhida para ver a dança típica com espadas, mas era ao ar livre e simplesmente não rolou. Não tenho uma só foto para chamar de minha.

Anúncios