Arquivo mensal: novembro 2012

Estudos de Guerra e Paz de Portinari na Unifor – se eu fosse você, não perdia

Padrão

Para quem perdeu a mostra completa de Guerra e Paz que estava no primeiro semestre do ano no Memorial da América Latina, em São Paulo, não deve perder a exposição que ficará na Unifor até o comecinho de 2013.

Da mesma forma que em São Paulo, a mostra é gratuita, mas infelizmente não conta com os painéis que adornam a sede da ONU em Nova York. Foi uma oportunidade única e eu sou muito grata, principalmente por ter descoberto, depois, que as telas não são vistas pelo público nem mesmo durante as visitas guiadas à ONU.

Para que as telas chegassem ao público, foi preciso a conjunção de dois fatores: a reforma do local onde estavam dispostas e, concomitantemente, sua restauração por um ex-aluno de Cândido Portinari.

Eu não tenho formação ou qualquer preparação técnica, tudo o que digo aqui sobre a obra é bastante sensorial e retrata apenas minhas impressões. São dois painéis de 14 metros de altura por 10 metros de largura, um retratando a guerra, o outro a paz.

Curti mais o painel Guerra, acho incrível a junção de tantos tons de azul retratando a guerra, e foi impossível não pensar em Guernica, a percepção da guerra completamente retratada por Picasso em preto, branco e variações de cinza. Aqui e acolá, no meio do azul, Portinari permite pinceladas de tons de laranja, ocre, bege e outras variações.

O painel Paz, por sua vez, inverte o colorido, onde predominava o frio azul, vira cor quente, laranja em vários tons e somente aqui e ali alguns azuis, com predomínio do alegre turquesa. Mas não fique triste por não ver as telas, os estudos são bem interessantes e eu curti até mesmo a troca de correspondências entre as autoridades, sobretudo aquelas que expressam a burocracia existente num projeto desse porte.

Apesar das telas não terem vindo (e, penso eu, nem teriam condições de serem exibidas no Centro Cultural da Unifor, que não tem um pé direito alto), acho os estudos imperdíveis. É certo que não se vê a obra em sua grandeza, mas a possibilidade de ver a obra no detalhe é adorável.

Se você estiver aqui de férias, aproveite aquela sua ida ao Beach Park e saia uma horinha mais cedo do hotel, um pouquinho após passar do Iguatemi, você verá as indicações para chegar na Unifor.

Espaço Cultural Unifor

Av. Washington Soares, 1321

Funciona de terça a sexta de 8h às 20h e aos sábados e domingos, de 8h às 18h.

Anúncios